A singularidade das verificações por carta pessoal

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someonePrint this page

Não é muito difícil de se encontrar cartões QSL iguais aos nossos nas coleções de amigos. Muito mais difícil é encontrar cartas iguais.

Esse fato que não é notado pela maioria das pessoas faz uma coleção se tornar única. Este é um dos fatores que me incentivou, incentiva e incentivará a fazer dexismo com as emissoras de ondas médias nacionais.

Certas emissoras que eu consegui escutar uma vez até agora, com quase certeza, aparecerão logo logo no meu receptor. Só que com outra freqüência, outra potência, outro papel timbrado e irão confirmar com outro texto. Estes fatores fazem grandes diferenças.

Há tempos foi publicado um artigo de minha autoria a respeito do PPC, os famosos cartões respostas preparados pelo próprio dexista. Neste artigo falei que só utilizava os PPCs nos follow-up. (Follow-up é uma carta que é enviada a emissora cobrando o não recebimento do seu QSL.

Aconselho aos amigos a não utilizarem o PPC na primeira carta. Será que é mais interessante ter 10 PPC´s ou 5 cartas pessoais falando a respeito da emissora e de sua cidade?

O uso do PPC é interessante, mas use-o com moderação. O “Office boy” pode carimbar o seu PPC e retorna-lo. Mas será que desta maneira o seu relatório cumpriu a sua missão de informar à emissora que ela foi sintonizada em uma cidade que não faz parte de sua área de cobertura? Colecionamos verificações de recepção e não cartolina.

Quando reportar uma emissora nacional, peça uma resposta no papel timbrado da emissora, e com o seu carimbo. Será que uma verificação em uma folha sem o logotipo da emissora e sem carimbo tem valor?

Lembre-se, a carta pessoal é única. Valorize a sua coleção.

Por Carlos Felipe da Silva

Artigo publicado no boletim “Atividade DX” nº 107 – junho de 1993.

 

PROJETO MEMÓRIA DO DXCB

Colaboradores:

  • Antonio Geraldo Paim da Silva
  • Carlos Felipe da Silva
  • Dante Vanderlei Efrom
  • Itamar Nunes de Assis
  • Ivan Dias
  • José Carlos Cruz
  • Luciana Miura Sugawara Berka
  • Márcio Roberto Bertoldi
  • Mário Cesar Pinto Brignol
  • Samuel Cássio Martins
  • Valter Aguiar

Deixe uma resposta