2015 nas ondas curtas

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someonePrint this page

– 2015 foi um ano marcado por muitas decepções nas ondas curtas. Uma delas foi o sumiço de duas potentes emissoras comerciais brasileiras. Estamos falando da Itatiaia, de Belo Horizonte (MG), e a Bandeirantes, de São Paulo (SP). Não se sabe ao certo o que ocorreu com as duas emissoras, mas tais estações fazem muita falta para os radioescutas brasileiros.

– Recordamos que de acordo com José Moacir Portera de Melo, a Rádio Brasil Central, de Goiânia (GO), imprimiu um cartão QSL de confirmação para enviar aos seus ouvintes. A emissora tem tido boa sintonia em 11815 kHz.

– A Voz da Turquia pode ser captada, emitindo em espanhol, entre 0200 e 0300, no TU, em 9410 e 9650 kHz.

– A KBS World Radio, da Coréia do Sul, pode ser monitorada entre 0100 e 0200, no TU, em 9605 kHz. Não deixe de prestigiar tanto a Voz da Turquia quanto a KBS da Coréia do Sul!

– Conforme Alex Costa, de São Paulo (SP), a emissão em espanhol da Rádio Romênia Internacional que vai ao ar às 0000, no TU, em 9730 kHz, vem sofrendo fortes interferências da Rádio RB2, de Curitiba (PR), que emite no canal 9725 kHz.

– Temos acompanhado a Rádio Philipinas em 15190 kHz, sempre por volta de 1830, no TU. O interessante é que o idioma filipino possui umas palavras parecidas com o espanhol.

 

Começou a ouvir rádio ainda garoto e nunca mais se desligou dele. Na década de 1980 descobriu as emissões internacionais em ondas curtas. Trabalhou nas rádios Felusp FM e Gaúcha de Porto Alegre. É autor do livro O que é o Rádio em Ondas Curtas e participa de programas de ondas curtas das rádios Aparecida, Transmundial e Caros Ouvintes. –

Deixe uma resposta