Rádio Brasil Central ouvida em ondas curtas!

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someonePrint this page

– Desde o Sítio Riachão, na Paraíba, Lenildo da Silva informa que, após alguns meses fora do ar, a Rádio Brasil Central, de Goiânia (GO), voltou a transmitir em 4985 kHz. Ele acrescenta ainda que a estação goiana encontra-se fora do ar, nas últimas semanas, em 11815 kHz.

– também conforme o Lenildo da Silva, outra emissora que voltou a operar em ondas curtas, depois de ter ficado sem sinal durante alguns dias da semana passada, foi a Observatório Nacional, do Rio de Janeiro (RJ). A emissora com o seu tradicional bip de identificação emite em 10000 kHz.

– A Rádio Novo Tempo, de Campo Grande (MS), tem tido boa qualidade de recepção em diversas localidades do país em 4895 kHz. De acordo com Lenildo da Silva, o sinal é regular, na Paraíba, por volta das 0200, no Tempo Universal. Segundo ele, a programação da estação é voltada à música gospel e segmentos da Igreja Adventista do Sétimo Dia, além de contar com boletins de notícias.

– A Rádio Bandeirantes, de São Paulo (SP), voltou a ser captada, novamente, em ondas curtas, desde o último dia 23 de fevereiro. A emissora tem sido captada, com bom sinal, tanto em 6090 quanto em 9645 kHz.

– A Rádio Taiwan Internacional realizou emissões de provas, em suas emissões em espanhol, nos dias 7, 8 e 9 de março. O objetivo foi avaliar a frequência de 11920 kHz, se vale à pena permanecer utilizando ela ou realizar uma mudança. As informações são do Antônio Avelino, de Caruaru (PE), que é monitor oficial daquela emissora.

– Mesmo com sinal fraco, é possível sintonizar a Rádio Educación do México no Nordeste do Brasil, em 6185 kHz. Na Paraíba, Lenildo da Silva monitorou a emissora em 2 de março, por volta das 0225, no Tempo Universal. Na ocasião, a emissora levava ao ar um segmento de músicas rancheras.

Começou a ouvir rádio ainda garoto e nunca mais se desligou dele. Na década de 1980 descobriu as emissões internacionais em ondas curtas. Trabalhou nas rádios Felusp FM e Gaúcha de Porto Alegre. É autor do livro O que é o Rádio em Ondas Curtas e participa de programas de ondas curtas das rádios Aparecida, Transmundial e Caros Ouvintes. –

Deixe uma resposta