Rádio Inconfidência é “a voz de Minas”!

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someonePrint this page

– Depois de alguns dias fora do ar, a Rádio Inconfidência, de Belo Horizonte (MG), voltou a ser captada em 6010 kHz, na faixa de 49 metros. A informação é do Danilo Nonato, que reside em Ouro Preto (MG). Também pode ser captada em 15190 kHz, em 19 metros. Aliás, atualmente, é a única emissora brasileira que ainda emite em 19 metros. Por isso, faz jus ao seu slogan: “A Inconfidência é a voz de Minas!”

– O DX Clube do Brasil comunica, com pesar, o falecimento de um de seus membros mais antigos, Samuel “Zumbra” Schiffenbauer, ocorrido no dia 1º de fevereiro de 2016, em Guaratinguetá (SP). Radioescuta há décadas, Samuel acompanhava as atividades do clube desde a década de 1980 e era presença constante em todas as atividades promovidas pelo Clube. Conforme o produtor e apresentador do Programa Encontro DX, da Rádio Aparecida, Cassiano Alves Macedo,  Samuel “Zumbra” Schiffenbauer era uma pessoa destituída de qualquer maldade, sempre disposto estar junto dos radioescutas.

– Uma das poucas fontes de informações sobre a Coréia do Norte é a Rádio Voz da Coréia. Trata-se da antiga Rádio Pyongyang, que prossegue emitindo em espanhol para a América do Sul. Uma das emissões vai ao ar entre 2230 e 2330, no TU, pela frequência de 7570 kHz. Confira!

– Em 18 de janeiro, acompanhei, a partir de 0103, no Tempo Universal, o encerramento das emissões daquele dia da Rádio Pio Doce. Trata-se de uma emissora da localidade de Lallagua, na Bolívia, que transmite na frequência de 5955 kHz. As transmissões são, geralmente, no dialeto indígena quéchua. Entretanto, o encerramento foi em espanhol, com o locutor dando a direção postal da emissora, sua página na Internet e e-mail para contato.

– A Rádio Havana Cuba possui várias emissões em espanhol destinadas aos ouvintes da América do Sul. Uma delas vai ao ar entre 1200 e 1600, no TU, em 17730 kHz.

– De acordo com Lenildo da Silva, que reside no Sítio Riachão, em São José (PB), a Rádio Brasil Central, de Goiânia (GO), voltou a enfrentar problemas em suas transmissões de ondas curtas. Nos últimos dias, ela encontra-se fora do ar em 11815 e em 4985 kHz. É uma lástima!

Começou a ouvir rádio ainda garoto e nunca mais se desligou dele. Na década de 1980 descobriu as emissões internacionais em ondas curtas. Trabalhou nas rádios Felusp FM e Gaúcha de Porto Alegre. É autor do livro O que é o Rádio em Ondas Curtas e participa de programas de ondas curtas das rádios Aparecida, Transmundial e Caros Ouvintes. –

Deixe uma resposta