Serviço Mundial da BBC dá adeus à Bush House

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someonePrint this page

Serviço Mundial da BBC faz sua última transmissão na lendária Bush HouseO Serviço Mundial da “BBC” realizou nesta quinta-feira, 12 de julho, a última transmissão de seu boletim informativo no emblemático edifício Bush House, em Londres, lar da emissora desde 1941.

Às 12h local (8h de Brasília), o último boletim em inglês para o mundo feito no local pôde ser escutado. O informativo contou com uma mensagem do diretor-geral da cadeia pública britânica, Mark Thompson.

“Esta Torre de Babel, palco de tantos grandes momentos de radiodifusão e lar de tantos grandes jornalistas durante anos, está agora em silêncio, seus corredores desertos e seus estúdios vazios”, disse Thompson em mensagem gravada.

O Serviço Mundial da “BBC”, que divulga notícias em 28 idiomas, passará a ser transmitido do antigo edifício de Broadcasting House, em Oxford Street, que foi recentemente modernizado e ampliado.

Jornalistas que trabalharam no serviço internacional da “BBC” dizem que na cantina do prédio, na hora do chá, era comum ouvir pessoas falando 28 idiomas ao mesmo tempo.

Bush House foi a casa do tradicional Serviço Mundial desde 1941, quando a cadeia foi obrigada a deixar o prédio Broadcasting House, que sofreu abalos causados por bombardeios durante a Segunda Guerra Mundial.

Em 1938, o serviço em línguas estrangeiras começou a funcionar na “BBC”. Considerado como um “edifício britânico por excelência”, Bush House foi construído em 1925 como símbolo do comércio anglo-americano e na época era considerado o prédio mais caro do mundo.

Foi lá que o rei Jorge V (monarca entre 1910 a 1936) realizou a primeira mensagem de Natal dirigida ao império britânico via rádio, e onde Charles de Gaulle enviava mensagens diárias de apoio à resistência francesa à ocupação nazista, em 1940.

A “BBC” informou que não é proprietária da Bush House e que o arrendamento do imóvel terminará neste ano.

Fonte: Agência EFE

Deixe uma resposta