O WAC-QRP

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someonePrint this page

DEFINIÇÃO

Nos primórdios da telegrafia, com o objetivo de sintetizar mensagens de uso freqüente, foi desenvolvido o código Q; de forma reduzida, ele continua em uso até hoje entre radioamadores, estações point-to-point, nos beacons da aeronáutica civil, no trajeto marítimo, etc.

No caso específico de QRP o sentido é de comunicação com estações de baixa potencia ou, no caso de transmissores de potencia variável, QRP indica que a estação está operando com potencia reduzida, tornando o termo assim relativo e até certo ponto ambíguo.

Para as emissoras de broadcasting de ondas curtas, a expressão pode seguramente ser utilizada para transmissores operando com 200 ou 300 W.

Por outro lado, o termo WAC teve origem nos meios radioamadorísticos após a 1a. Guerra Mundial, sendo a abreviação de “Norked All Continents” indicando que o operador tinha conseguido estabelecer contato com todos os continentes.

Finalmente, o “Newark News Radio Club” de Newark, NJ, USA foi fundado em 1927 e, durante perto de 40 anos, foi seguramente o maior e melhor clube de SW do EEUU; no começo de 60 publicava um boletim mensal de 120-150 páginas, com uma enorme quantidade de informações; mais tarde, por razões diversas, o clube entrou em decadência e praticamente sumiu de cena na década dos 70.

Uma iniciativa deste clube entre seus associados foi de promover classificações mensais de WAC-QRP (Heard) e WAC-QRP (Veried), para os quais eram somadas as potencias das estações de menor potencia (respectivamente ouvidas ou verificadas) a razão de uma para cada continente; os melhores DX’ers estavam no topo da classificação, somando a MENOR quantidade de watts (das potencias das estações ouvidas); no caso de empates, era classificado primeiro o WAC-QRP realizado em freqüências mais baixas e/ou em data mais antiga.

Durante anos a idéia foi muito popular, provocando classificações diferentes para ondas médias, bandas tropicais e ondas curtas; a competição era intensa e polemica, especialmente nos casos em que a potencia duma emissora não era conhecida de forma segura ou variava em função da época do ano ou do horário de transmissão.

Em meados a década de 60, um DX’er experiente e paciente seguramente podia alcançar um WAC-QRP de:

Continente

Potência(w)

África

500

Ásia

500

Europa

500

América do Norte

500

América do Sul

100

Oceania

500

WAC-QRP

2600

(Conceito já “esticado” para DX, ao tratar a América como 2 continentes…)

Como é sempre o caso de escuta de SW, há localidades mais apropriadas que outras para ouvir determinadas regiões do globo, em função da freqüência e do horário; no meu entender, por exemplo, a localização dos DX’ers da Austrália/Nova Zelândia era privilegiada por estar próxima de várias emissoras de baixíssima potencia daquela região que, especialmente em conseqüência do curto horário eram praticamente impossíveis de serem ouvidas nos demais continentes. Ao mesmo tempo, a existência de um inverno e frio e prolongado era outra vantagem em relação aos DX’ers localizados em regiões tropicais ou sub-tropicais, onde o nível de QRN permanece elevado o ano inteiro.

UM POUCO DE HISTÓRIA

O apogeu do WAC-QRP ocorreu provavelmente no período 1950-1960; as estações mais cobiçadas na época estão listadas mais adiante, junto com alguns comentários. Na grande maioria elas desapareceram e as poucas que sobraram transmitem hoje com potencias muito mais elevadas ou não operam mais em ondas curtas.

Baseado nessa lista, na época teria sido nominalmente possível o WAC-QRP abaixo.

Continente

Emissora

Freqüência (kHz)

Potencia (W)

Europa

EFJ-17 R. Alerta, Espanha

7260

45

África

Seychelles Broadcasting Service

4990

40

Ásia

RRI, Tadjang Pinang

3223

100

América do Norte

CKFX, Canadá

6080

10

América do Sul

YNRL, La Voz de la Victoria, Nicaragua

5045

75

Oceania

Honiara, Salomon Islands

5960

100

WAC QRP possível

470 W!!!

Apesar de, na época, todas as emissoras citadas neste “super” WAC-QRP terem sido ouvidas e verificadas por DX’ers de vários países, não consta que o WAC-QRP em questão tenha sido alcançado pelo mesmo operador. Deve-se porem acrescentar que era comum na época 1935-1950 haver transmissores de baixa potencia operando em ondas curtas; desta forma sempre houve no topo da classificação do WAC-QRP do Newark News Radio Club DX’ers experientes cujo total estava abaixo dos 1000 W.

O meu melhor resultado, operando na Grande São Paulo:

Continente

Emissora

Freqüência (kHz)

Potência (W)

Europa

Rádio Clube Português, Portugal

6080

500

África

Radio Pax, Moçambique

7205

50

Oceania

Cook Islands

5050

350

Ásia

RRI  Palu, Indonésia

3960

400

América do Norte

CKZU, Vancouver,  Canadá

6160

500

América do Sul

R Santo Anastácio,Brasil

3955

15

WAC-QRP:

1815

Com a passar do tempo, o WAC-QRP foi perdendo popularidade: a razão principal foi provavelmente a corrida generalizada de todas as emissoras de ondas curtas para potencias mais elevadas, bem como a aumento de emissoras dentro das bandas. Apesar dos progressos ocorridos no desenvolvimento de receptores mais seletivos e do ligeiro alargamento das bandas SWBC, a vida dos operadores que possuíam uma estação de 50 ou 100 W se tornou, em muitas regiões do globo, insustentável. Houve emissoras que emigraram para uma semiclandestinidade fora das bandas oficiais, como o Marrocos, a Guiné Espanhola, a Guiné Portuguesa, Andorra, Ilhas Canárias e várias outras. Porém a grande maioria destas emissoras acabou saindo do ar ou aumentaram significativamente a potencia de saída; isso foi em parte conseqüente ao fato que, na época,era possível adquirir no mercado de surplus bélico transmissores de potencia até 1 kW a preços de fantasia.

Para se ter uma idéia do fantástico poderio da máquina industria Norte-Americana e dos recursos alocados para fins bélicos na 2a.Guerra Mundial, basta citar o caso da G & G e da Lindsay Radio: essas eram empresas de N.York que se especializaram em arrematar o material usado, de reposição e sobressalente das forças armadas americanas. Tão recentemente como em 1980 (Isto é, 35 anos após o término da 2a.Guerra Mundial!!!) a G & G seguia operando no prédio dela no Vesey St. Em N.York; o prédio tinha 8 andares, dos quais 2 de subsolo, com uma fachada de 25-30 m. de largura, tendo 2 fachadas (i.é ocupava a largura de um quarteirão inteiro, tendo fachada das mesmas dimensões na rua de trás, onde eram efetuadas a carga e descarga de caminhões).

O estoque era imenso e uma visita ao local demandava vários dias para poder conhecer o que estava em estoque: apesar do catálogo deles ter perto de 100 páginas, a maioria do estoque estava fora do catálogo e o comprador era forçado a garimpar no local para encontrar os itens de interesse. O pé direito dos andares desse prédio era de 6-7 metros, com pilhas de caixas até o teto; essas caixas eram seladas, novas, legitimas de fábrica, contendo equipamentos nunca usados, Os preços na grande maioria eram de não acreditar: examinando um catálogo de 1974 nota-se que um transmissor da Collins com válvula 813 na saída era oferecido por US$75; os receptores usados em veículos blindados e nos bombardeios (BC-342) iam por US$15; os receptores da RCA tipo AR88 (que eram usados nas centrais de telecomunicações das tropas de guerra) saiam por US$40; o calibrador a cristal de alta precisão de 1000 khz (BC221) (muito em demanda antes dos receptores com leitura digital de freqüência) custava US$22. O aspecto construtivo que mais chamava a atenção de todos estes equipamentos era a concepção e a qualidade mecânica, onde todos os eixos eram de aço inoxidável, freqüentemente montado sobre rolamentos; porém, eletricamente, sofriam de todas as limitações decorrentes de uma tecnologia, essencialmente, da década dos 30.    Ao longo de muitas visitas a este local, lembro nitidamente de ter visto embarcar transmissores para a Nicarágua, Panamá e Kenia.

REFERÊNCIAS

As emissoras que podiam ser objeto de WAC-QRP estão listadas abaixo, as marcadas com Sim são aquelas que, ao longo dos anos, consegui verificar (na freqüência e potencia indicada).

EUROPA

Prefixo

Nome/Localização

Freqüência (kHz)

Potência (W)

Verificação

Adorradio, Andorra

6305

1000

Sim

CSA-93

Emissor Regional dos Açores

4865

1000

Sim

OEI-21

Viena, Áustria

6155

200

OEI-37

Viena, Áustria

17795

30

Bremen, Alemanha

6190

500

OZ-2

Angmassalik, Groelândia

7570

500

OXI

Godthaab, Groelândia

3999

1000

Sim

Polish Pathfinders Station, Polônia

7306

350

CSB-52

R. Renascença, Portugal

6154

600

CSB-51

R. Clube Português, Portugal

6080

500

Sim

CSB-56

Em.Liceu de Pedro Nunes, Portugal

6003

150

EFE-5

R.La Voz de Leon, Espanha

6933

500

EFJ-16

R Juventud de Mérida, Espanha

7140

60

EFJ-17

R.Alerta, La Voz Del Levante, Valencia,Espanha

7260

45

Northern Ireland Relay Service, Londonderry

6273

500

ÁFRICA

Prefixo

Nome/Localização

Freqüência (kHz)

Potência (W)

Verificação

CR6RD

R Clube do Huambo

4851

500

Sim

CR6RA

R Clube de Angola

7142

150

Sim

CR6RD

R Clube do Bié, Angola

4842

200

Sim

CR6RH

R Clube do Huila, Angola

5024

400

Sim 1 kW

CR6RE

R Clube do Malange, Angola

7140

600

CR6RP

R Clube, Cuanza Sul, Angola

4932

200

ZNB

Mafeking, Bechuanaland

5900

150

OQ2AC

R College, Elizabethville, Congo Belga

3390

250

OQ2AB

R Elizabeth, Congo Belga

7150

250

ECS

Emisora Sindical, Las Palmas, Canárias

7345

250

Sim

EAJ-8AB

R Clube, Tenerife, Canárias

7295

250

REM-34

R Atlântico, Canárias

7000

300

CR4AA

R Clube do Cabo Verde

5895

400

CR4AB

R Clube do Mindelo

3960

400

Sim 4720/ 250

R Addis Abeba, Etiópia

6419

500

R Ecuatorial, Quiné Espanhola

8800

400

CR7JG

AeroClube da Beira, Moçambique

3255

300

Aeroclube da Beira, Moçambique

5045

300

CR7RB

R Pax, Moçambique

7205

50

Sim 3960/ 500

RDTF, La Reunion

7170

200

ZCQ-3

Seychelles Broadcasting Service

4990

40

R Mogadiscio, Somália Italiana

7072

300

Voice of Zanzibar

3339

250

NEAR EAST

Prefixo

Nome/Localização

Freqüência (kHz)

Potência (W)

Verificação

TAZ

R Izmir, Turquia

6630

400

TAO-5

Tecnical Scool of Stanbul, Turquia

7143

100

Mithat Pasha Tecnical Institute, Turquia

7000

400

ÁSIA

Prefixo

Nome/Localização

Freqüência (kHz)

Potência (W)

Verificação

XX5A

Emissora de Goa

4930

500

YDB2

RRI, Djakarta, Indonésia

4910

300

YDA2

RRI, Bandung, Indonésia

2420

250

YDI6

RRI, Djember, Indonésia

2330

300

YDH

RRI, Semarang, Indonésia

2490

150

YDI3

RRI, Surabaya, Indonésia

2370

250

BFQ-33

RRI, Palu, Indonésia

3960

400

Sim

BFW-50

RRI, Biak, Indonésia

5500

500

Sim

YDM

RRI, Bukittinngi, Indonésia

3252

300

YDN

RRI, Kotarajia, Indonésia

2390

100

YDP3

RRI, Medan, Indonésia

7240

250

YDY

RRI, Samarinda, Indonésia

3295

150

YDX

RRI, Tadjang Pinang, Indonésia

3223

100

BEC-27

Armed Forces Radio, Taiwan

7200

500

Sim 7215 / 1kW

HCK

Thai National Broadcasting Service, Tailândia

15640

250

OCEANIA

Prefixo

Nome/Localização

Freqüência (kHz)

Potência (W)

Verificação

ZL1ZA

Cooks Islands

5050

350

Sim 5045/ 1kW

VSZ-10

Tarawa Radio, Gilbert & Ellice Islands

6050

500

Noumea, Nova Caledonea

3355

500

R Kiribati, Kirabati

14802

150

Sim

R Sorong, Nova Guiné Holandesa

3395

500

Port Vila, Nova Hebrides

3905

500

Sim

DZI7

Manila Broadc.Co., Filipinas

6080

250

DXH2

Miandanao College Broadc. System, Filipinas

3950

300

DNH3

The People Broadc.System, Filipinas

9570

250

DYB4

Philippine Federation of Christian Churches

3277

300

VQO-2

Honiara, Salomon Islands

5960

100

NORTE AMÉRICA

Prefixo

Nome/Localização

Freqüência (kHz)

Potência (W)

Verificação

CKZU

Vancouver, Canadá

6160

500

Sim

CHNX

Halifax, Canadá

6130

500

Sim

CKFX

Station CKFX, Canadá

6080

10

CFPV

Station CFPV, Canadá

6030

100

HI2S

Onda Municipal, Rep. Dominicana

3345

200

HI5C

R La Voz Del Progreso, Rep.Dominicana

4875

250

HI8Z

R Santiago, Rep. Dominicana

5030

200

HI3K

R Ondas del Yaque, Rep.Dominicana

4980

250

Sim

HI1J

R La Voz del Oriente, Rep.Dominicana

6025

100

HIAD

R San Juan de Málaga, Rep.Dominicana

3375

250

Sim

HI9T

Broadcasting Tropical, Rep.Dominicana

6190

100

VSI-8

Cables & Wireless, Grand Turk Isl.

4788

200

Sim

YSHQ

R Progreso, El Salvador

6170

150

TGKN

R Novedades, Guatemala

6200

100

R Santa Cruz, Guatemala

4872

200

Sim

TGPA

R Palmeras, Guatemala

6070

250

TGCB

R Colonial, Guatemala

6080

250

4VWA

R Citadelle, Haiti

6155

150

4VPM

La Voix du Nord-Ouest, Haiti

5040

225

4VCP

La Voix du Nord, Haiti

6198

150

HRD2

La Voz de Atlantida, Honduras

6195

250

HRRZ

R Juticalpa, Honduras

4911

200

Sim

HRSU

R Progreso, Honduras

6185

250

XEUM

R El Eco de Sotagento, México

6020

250

XEFT

R La Voz de Vera Cruz, México

9545

250

R Regiomontana, México

2445

120

Sim

YNRL

R La Voz de la Victoria, Nicarágua

5045

75

YNWN

R Granada, Nicarágua

7312

150

YNMS

R Philips, Nuevo Leon, Nicarágua

7660

150

Sim

YNAS

R Ondas del  Xototlan, Nicarágua

6220

200

Sim

YNBX

R Oriental, Nicarágua

7890

100

HPSB

R Cadena Miramar, Panamá

6030

250

SUL AMÉRICA

Prefixo

Nome/Localização

Freqüência (kHz)

Potência (W)

Verificação

CP39

R Cobija, Bolivia

4855

250

Sim

CP18

R El Condor, Oruro, Bolívia

6070

250

Sim

CP25

R Sucre, Bolívia

9200

200

Sim

CP37

R Oruro, Bolívia

6190

250

CP76

R Luiz Fuentes, Bolívia

6215

150

Sim

R Santa Cruz, S.Cruz de la Sierra, Bolívia

6211

40

Sim

R Rural, Bolívia

6240

100

Sim

R Libertad, Entre Rios, Bolívia

3885

100

R Litoral, Llica, Bolívia

5012

100

Sim

R A Voz de Santo Anastácio, Brasil

3955

15

Sim

CE-610

R Calama, Chile

6100

250

R Ecos Del Porto Martinez, Colômbia

5537

90

Sim

R Tumaco, Colômbia

3647

250

Sim

HCJH1

R Turismo, Otavalo, Equador

3965

250

Sim

R Once de Noviembre, Latacunga, Equador

6250

250

Sim

R La Voz de Alausi, Equador

3370

250

Sim

HCCV3

R Ondas del Zamora, Equador

4850

250

Sim

HCOT1

R Zaracay, Equador

3525

200

Sim

R Sideral, Salcedo, Equador

3615

100

R Cayambe, Equador

3620

200

Sim

HC6GS

R Pillaro, Equador

3605

120

Sim

HCCF4

R La Voz de Chone, Equador

3785

120

Sim

HC5PT

Ondas del Perpetuo Socorro, Cuenca Equador

6098

250

Sim

HCRI1

R Centro Radiofônico de Imbabura, Equador

5084

250

Sim

HCEF2

R El Sagrario, Guayaquil, Equador

3620

100

Sim

HCPZ1

R Rumichaca, Tulcan, Equador

3951

200

Sim

R Sucudel, Onas, Equador

4212

150

Sim

R Amistad, Soritor, Peru

8515

80

Sim

R Sudamericana, Celendin, Peru

7010

50

Sim

OBX70

R Onda Imperial, Cuzco, Peru

5056

150

Sim

R Satelite, Santa Cruz, Peru

6724

150

Sim

R Huamachuco, Huamachuco, Peru

3704

150

Sim

R Moderna, Moyabamba, Peru

6346

150

Sim

R Visión, Juanjuy, Peru

5360

100

Sim

R Selecta, Virú, Peru

6792

100

Sim

R Universo, Pandalle, Peru

6815

100

Sim

R Futuro de la Radio, Moyabamba, Peru

10242

100

Sim

R San Nicholas, Rodrigues de Mendoza, Peru

3924

200

Sim

R Cayenne, Guiana Francesa

6199

350

ZPA-8

R Ypú, Paraguai

6400

10

R Sarandi, Uruguay

4945

50

Falklands Islands Broadc. Service

3958

500

Sim

R Apintie, Paramaribo, Suriname

4794

50

Sim

No caso das emissoras Latino-Americanas tem sido historicamente difícil saber a real potencia de transmissão; assim, muito dos dados acima provém de verificações recebidas, onde a própria emissora informa a potencia utilizada.

Verifique o seu melhor WAC e observe como, com a tendência generalizada para o aumento de potencia de transmissão, ao dia de hoje não há mais estações disponíveis para um WAC seja de fato QRP.

Por Jack Perolo

Deixe uma resposta