As ondas curtas e os furacões

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someonePrint this page

– Apesar da falta de energia elétrica após a passagem do furacão Irma pelo Caribe, a Rádio Havana Cuba está no ar em ondas curtas. Em Curitiba (PR), Júlio César Pereira captou a emissora em 13 de setembro, por volta de 2330, no TU, em 15230 kHz. Naquele momento, a estação levava ao ar o programa musical La Trova Cubana.

– Durante a passagem do furacão Irma pela Flórida, a Rádio Miami Internacional ficou fora do ar, uma vez que suas antenas foram afetadas. No entanto, já em 12 de setembro, a emissora voltou a funcionar, mas com potência reduzida. A frequência também é outra: 9395 kHz.

– A Ozy Rádio é uma nova emissora que está transmitindo em ondas curtas, desde a Austrália, na frequência de 5045 kHz. A estação utiliza 75 watts de potência e está localizada em Razorback, há 25 km ao sul de Sydney.

– A Rádio Evangelizar, de Curitiba (PR), é a emissora brasileira que possui boa performance de sintonia, no Sul e Sudeste do país, na faixa de 31 metros, mais precisamente na frequência de 9725 kHz. Eu monitorei a emissora, no último dia 8 de setembro, em viagem realizada ao Noroeste do estado do Espírito Santo.

– Outra emissora brasileira com ótima sintonia, em ondas curtas, é a Rádio Inconfidência, de Belo Horizonte (MG), em 6010 kHz, em 49 metros. A emissora possui ótima sintonia em praticamente todo o dia, no interior do Espírito Santo, em tal canal, principalmente ao entardecer, quando irradia o programa Hora do Fazendeiro.

– Desde São Sebastião (SP), Reinaldo Pires destaca a boa performance de sintonia das emissões em português da Rádio Japão, a partir das 2130, no TU, em 17540 kHz. Ele acompanhou o noticiário da emissora, em 13 de setembro.

Começou a ouvir rádio ainda garoto e nunca mais se desligou dele. Na década de 1980 descobriu as emissões internacionais em ondas curtas. Trabalhou nas rádios Felusp FM e Gaúcha de Porto Alegre. É autor do livro O que é o Rádio em Ondas Curtas e participa de programas de ondas curtas das rádios Aparecida, Transmundial e Caros Ouvintes. –

2 comentários em “As ondas curtas e os furacões”

  1. Julio Cesar Pereira disse:

    Obrigado por incluir o meu report de recepção da Rádio Havana Cuba e 15230kHz. Li no pequeno resumo de sua biogravia que você trabalhou em duas emissoras, a Felusp FM e a Gaúcha de Porto Alegre, a minha emissora nacional favorita. Também trabalhei no final dos anos 80 e início dos 90 em uma emissora, a extinta Estação Primeira FM, hoje CBN-Curitiba 90.1MHz. Forte 73! PY5136SWL

    1. Célio disse:

      Obrigado, Julio Cesar.

Deixe uma resposta