Avança a sintonia do Digital Radio Mondiale – DRM aqui no Brasil

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someonePrint this page

– Diante do incremento do uso do Digital Radio Mondiale – DRM, o programa Encontro DX, da Rádio Aparecida, passa a veicular informações sobre essa modalidade de radiodifusão. A apresentação estará a cargo de Francisco Braccini, que é um especialista no tema. Lembramos que o programa Encontro DX vai ao ar nos sábados, a partir das 19h, na hora brasileira de verão, em suas várias frequências de ondas curtas!

– E alguns colegas radioescutas já estão acompanhando programações em Digital Radio Mondiale – DRM, que vem a ser as ondas curtas digitais. Por exemplo, em Cambé (PR), André Berzotti utiliza um receptor Avion AV-DRM-1401. Em 27 de novembro, por volta de 1800, no Tempo Universal, ele ouviu uma emissão em inglês da Rádio Nova Zelândia, pela frequência de 13840 kHz.

– Já em Belo Horizonte (MG), Davi Lucas Pinto de Souza usa um receptor Morphy Richards 27024. Em 25 de novembro, por volta de 1820, no TU, ele acompanhou uma emissão em língua inglesa da Voz da Nigéria, na frequência de 15120 kHz.

– Recordamos que se você deseja receber o cartão QSL de confirmação da Rádio Transmundial, anote o e-mail para o qual deverás enviar tuas informações: qsl@transmundial.com.br.

– Desde a localidade de Calisto, em Resplendor (MG), Maicom César Campos destaca que o sinal da Rádio Exterior de Espanha está chegando com sinal distorcido em 15390 kHz. Lembramos que a emissora transmite, diariamente, neste canal, entre 1900 e 2300, no TU.

Começou a ouvir rádio ainda garoto e nunca mais se desligou dele. Na década de 1980 descobriu as emissões internacionais em ondas curtas. Trabalhou nas rádios Felusp FM e Gaúcha de Porto Alegre. É autor do livro O que é o Rádio em Ondas Curtas e participa de programas de ondas curtas das rádios Aparecida, Transmundial e Caros Ouvintes. –

Deixe uma resposta