Rádio de Limeira inativa em ondas tropicais

– Uma curiosidade: a Rádio Educadora, de Limeira (SP), é a única emissora brasileira que ainda transmite na faixa de 120 metros, na frequência de 2380 kHz. Alex Costa, de São Paulo (SP), entrou em contato com Luiz Chaine Neto, que reside naquela cidade, e obteve a informação de que a emissora está fora do ar para manutenção. O Luiz Chaine Neto também informou que a direção da emissora provavelmente não tem mais interesse em reativar a frequência!

– Desde São Paulo (SP), Alex Costa destaca que a programação em espanhol da Rádio Internacional da China, que vai ao ar, às 2200, no Tempo Universal, tem regular sintonia aqui no Brasil na frequência de 7250 kHz. Segundo ele, tal emissão é destinada ao continente europeu. No mesmo horário, também pode ser ouvida em 9640 kHz.  

– De Potim (SP), Marco Antonio de Toledo Piza Filho informa que a transmissão em inglês da Voz da Coréia, antiga Rádio Pyongyang, pode ser facilmente captada aqui no Brasil. A transmissão ocorre em 11635 kHz, a partir das 2000, no TU. É uma boa dica de escuta, já que a Coréia do Norte está em evidência no noticiário internacional nos últimos meses!

– No Sítio Estrela do Araguaia, em Nova Xavantina (MT), Daniel Wyllyans e Ivanildo Dantas realizaram um encontro para escutas de ondas curtas. Uma das emissoras captadas por eles foi a Voice of Strait, em 4900 kHz, por volta de 0940, no TU. Trata-se de uma emissora regional chinesa, que transmite desde Fuzhou em mandarim e outros idiomas regionais.

– Desde Terra de Areia (RS), Júlio César Pereira destaca que a faixa de 90 metros tem tido, nos últimos tempos, uma boa abertura de propagação para a escuta de emissoras da África do Sul, sempre a partir das 0300, no TU. Em 5 de julho, entre 0300 e 0347, ele captou a TWR, em 3200 kHz. Já em 3320 kHz, ele ouviu a infalível Sonder Grense. Por fim, ouviu a Channel África, em 3345 kHz. Fica a dica de sintonia desta faixa!

Começou a ouvir rádio ainda garoto e nunca mais se desligou dele. Na década de 1980 descobriu as emissões internacionais em ondas curtas. Trabalhou nas rádios Felusp FM e Gaúcha de Porto Alegre. É autor do livro O que é o Rádio em Ondas Curtas e participa de programas de ondas curtas das rádios Aparecida, Transmundial e Caros Ouvintes. –

Deixe uma resposta