Rádio Nacional da Amazônia firme nas ondas curtas

– A Rádio Nacional da Amazônia, de Brasília (DF), possui excelente sintonia na frequência de 11780 kHz. A emissora foi monitorada, recentemente, em Santarém (PA), pelo Edson Ferreira. O interessante é que a emissora recebeu um áudio dele, via aplicativo, e colocou no ar! Ou seja, a emissora substituiu as tradicionais cartinhas clássicas por mensagens de ouvintes!

– Recordamos que a Rádio Japão pode ser captada, pela manhã, às 0900, no Tempo Universal, emitindo em português, em 6195 kHz.

– A KBS World Radio, da Coréia do Sul, pode ser captada, em espanhol, entre 0100 e 0200, no TU, em 9605 kHz. Esta emissora possui ótima sintonia aqui no Brasil!

– Desde Gravataí (RS), Jonas Sanov destaca a boa sintonia da Rádio Alvorada, de Londrina (PR), pela frequência de 4865 kHz. Trata-se de uma emissora católica. Ele captou a Alvorada um pouco fora de sua frequência!

– Uma das emissoras bolivianas que estão ativas nas ondas curtas é a Red Pátria Nueva, na frequência de 6025 kHz, em 49 metros. A emissora foi captada, recentemente, no Chile, pelo Cláudio Galaz, por volta de 1040, no TU. Ele ouviu informações em aymará e outras línguas indígenas faladas na Bolívia!

– E em Terra de Areia (RS), Júlio César Pereira fez uma monitoria recente na faixa de 60 metros. Ao entardecer brasileiro, ele tem captado a Rádio Congonhas, da cidade mineira do mesmo nome, em 4775 kHz. Também a Rádio Brasil Central, de Goiânia (GO), em 4985 kHz. Outra brasileira captada foi a Rádio Relógio, do Rio de Janeiro (RJ), em 4905 kHz. Também de acordo com ele, neste horário, tem chegado a Rádio Voz da América, via Botswana, em 4930 kHz e 4960 kHz.

Começou a ouvir rádio ainda garoto e nunca mais se desligou dele. Na década de 1980 descobriu as emissões internacionais em ondas curtas. Trabalhou nas rádios Felusp FM e Gaúcha de Porto Alegre. É autor do livro O que é o Rádio em Ondas Curtas e participa de programas de ondas curtas das rádios Aparecida, Transmundial e Caros Ouvintes. –

Deixe uma resposta