Rádio Nacional da Amazônia volta a transmitir em ondas curtas

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Pin on Pinterest0Email this to someonePrint this page

– Finalmente a Rádio Nacional da Amazônia, de Brasília (DF), reativou uma de suas frequências de ondas curtas, mais precisamente 11785 kHz, na faixa de 25 metros. No último dia 16 de novembro, a emissora foi escutada, neste canal, em São Luiz do Paraitinga (SP), pelo Antônio Ribeiro da Mota. Também foi monitorada em Resplendor (MG), pelo Maicom César Campos.

– Recordamos que a Rádio Inconfidência, de Belo Horizonte (MG), possui regular sintonia na frequência de 15190 kHz, na faixa de 19 metros. Ela é a única emissora brasileira que ainda transmite na faixa de 19 metros.

– E a Rádio Japão é uma das estações internacionais de ondas curtas que ainda valoriza o ouvinte brasileiro. A emissora transmite, às 2130, no TU, sua programação em português em 17740 kHz.

– E o Serviço em Espanhol da KBS World Service pede, em sua página e nas redes sociais, que os ouvintes da América Latina sugiram melhores frequências para emitir seu sinal com qualidade. As sugestões devem ser enviadas ao e-mail spanish@kbs.co.kr. As emissões em espanhol da emissora ocorrem entre 0100 e 0200, no TU, em 9605 kHz.

– Em monitoria que fiz recentemente, constatei que a faixa de 31 metros está ocupada apenas por emissoras brasileiras de cunho religioso. Com a inatividade da Bandeirantes, sobraram emissoras como a Super Rede Boa Vontade, Novas de Paz, Deus é Amor, Canção Nova e Evangelizar.

Começou a ouvir rádio ainda garoto e nunca mais se desligou dele. Na década de 1980 descobriu as emissões internacionais em ondas curtas. Trabalhou nas rádios Felusp FM e Gaúcha de Porto Alegre. É autor do livro O que é o Rádio em Ondas Curtas e participa de programas de ondas curtas das rádios Aparecida, Transmundial e Caros Ouvintes. –

Deixe uma resposta