Rádio Taiwan deixará de transmitir em ondas curtas

– A Rádio Taiwán Internacional informou no último dia 3 de fevereiro que encerrará o serviço de transmissão em ondas curtas, a partir do dia 1º de abril. Conforme Antonio Avelino da Silva, que é um dos assíduos colaboradores da emissora, a Rádio Taiwan está seguindo as tendências de outras emissoras internacionais que vem deixando de emitir via Onda Curta e passaram a utilizar a Internet como meio de propagação de sua programação. De acordo com ele, a seção em Espanhol será uma das primeiras a acabar com as ondas curtas, seguindo pela seção em Francês e por fim as demais seções. É uma lástima!

– Recordamos que a Rádio Japão valoriza o ouvinte brasileiro. A emissora possui sinal excepcional entre 2130 e 2200, no Tempo Universal, em 17540 kHz.

– A programação em espanhol da Voz do Vietnã possui boa sintonia, entre 0030 e 0100, no TU, em 7315 kHz. A emissora também pode ser captada, entre 1800 e 1830 e das 2100 às 2130, no TU, em 7280 e 9730 kHz.

– A Rádio Internacional da China está com ótimo sinal em 13650 kHz, entre 2300 e 2357, no TU.

– Ainda sobre a Rádio Internacional da China, desde São Paulo (SP), Alex Costa destaca que duas emissões em português desta emissora direcionadas para a Europa apresentam regular sintonia aqui no Brasil. A primeira ocorre às 19 00, no TU, em 7335 KHz. Já a segunda emissão acontece às 2200, no TU, em 7260 kHz.

– A Rádio Havana Cuba transmite, em português, entre 2300 e 0000, no TU, em 15230 kHz.

– Desde Curitiba (PR), Júlio Cesar Pereira destaca que a Rádio Nova Zelândia é uma das melhores emissoras internacionais que estão ativas nas ondas curtas. Conforme Rodrigo de Araújo, que reside em Belo Horizonte (MG), a emissora envia a todos um cartão QSL de confirmação eletrônico. Ele recebeu o seu para uma escuta realizada em 20 de novembro, por volta de 1019, no TU, em 9765 kHz. Lembramos que a Rádio Nova Zelândia transmite grande parte de sua programação em inglês. Neste ano de 2018, a emissora está completando 70 anos de existência, de acordo com o Rodrigo Araújo!

Começou a ouvir rádio ainda garoto e nunca mais se desligou dele. Na década de 1980 descobriu as emissões internacionais em ondas curtas. Trabalhou nas rádios Felusp FM e Gaúcha de Porto Alegre. É autor do livro O que é o Rádio em Ondas Curtas e participa de programas de ondas curtas das rádios Aparecida, Transmundial e Caros Ouvintes. –

Deixe uma resposta