Sempre na sintonia!

Algumas emissoras jornalísticas brasileiras prosseguem transmitindo em ondas curtas. Uma delas é a Rádio Brasil Central, de Goiânia (GO). A emissora foi captada em 4985 kHz, em Gravataí (RS), pelo Jonas Sanabria, em 15 de maio, por volta de 0210, no Tempo Universal. Lembramos que a Brasil Central também transmite em 11815 kHz.

Outra emissora é a Rádio Nacional da Amazônia, de Brasília (DF), que está no ar pela frequência de 11780 kHz. Entre 10h da manhã e o meio-dia, no hora oficial de Brasília, Bete Begonha está no ar, atendendo ouvintes pelo telefone e pelas redes sociais.

Ainda existem transmissões em língua portuguesa, via ondas curtas, para os países que falam o nosso idioma. A Rádio Vaticano, por exemplo, emite programas para a África Ocidental, entre 2100 e 2130, no TU, em 7360 kHz. Em Unaí (MG), Uender Marques monitorou a emissora, em 10 de maio, com bom sinal.

A frequência de 7205 kHz, em 41 metros, proporciona boas sintonias. Entre 1900 e 2200, no TU, o canal é ocupado pela Radio Republic of Sudan, transmitindo em árabe. Ocorre que, em seguida, a partir de 2000, no TU, a Rádio França ocupa a frequência com emissão em francês. Dependendo do local, o amigo ouvinte poderá acompanhar uma ou outra emissão.  

Deixe uma resposta